Vale a pena comprar um carro a diesel?

A categoria de SUV’s e picapes vem crescendo muito no Brasil nos últimos anos. Tanto nas grandes cidades quanto no interior, vários consumidores são seduzidos pela potência, estabilidade, capacidade de carga e também pelo apelo visual desses carrões.

Mas junto com isso vem a seguinte dúvida: será que vale a pena comprar um carro a diesel? Para decidir, é preciso considerar várias questões, como economia de combustível, conservação do automóvel, trajetos que o veículo percorre etc. A seguir, veja como decidir se realmente vale a pena comprar um carro a diesel.


–  O público-alvo dos carros a diesel

Os carros a diesel são geralmente indicados para pessoas que fazem constantemente longos trajetos, viajam regularmente e gostam de robustez e potência. Já para quem faz trajetos mais curtos, geralmente não saindo muito da cidade e não precisando passar por terrenos muito acidentados, é mais indicado o carro à gasolina.

Um carro a diesel é também o mais indicado para motoristas que levam muitas pessoas com frequência, ou para quem precisa lidar com pequenas cargas, como os agricultores.

– As vantagens de comprar um carro a diesel

A primeira vantagem de comprar um carro a diesel é o consumo de combustível, que pode ser de 15 a 20% menor do que um movido à gasolina. É preciso levar em conta o quanto se percorre mensalmente para ter uma conta exata.

Por outro lado, carros a diesel são de 20 a 30% mais caros, portanto deve-se saber se vale a pena gastar um pouco mais para ter economia no combustível no longo prazo, ou se é melhor partir para um veículo a gasolina. Para quem pretende comprar um carro e ficar com ele por muitos anos, o carro a diesel pode ser uma opção muito interessante. Motores a diesel são mais simples e confiáveis, devido às características internas, mas, para ter isso garantido, é preciso fazer uma manutenção mais precisa de partes como bombas injetoras e filtros de óleo.

– O que ainda precisa ser melhorado

Apesar da explosão de veículos como SUV’s e picapes, muitas coisas ainda podem — e precisam — ser melhoradas. Questões como o ruído do motor e a poluição devem ser revistas em vários modelos. Tendo como base o mercado europeu, que há anos lida com grande parte de seus veículos movidos a diesel, podemos chegar a um nível mais alto de qualidade, tendo em vista que esse é um mercado que não para de crescer. Sendo assim, a equação “economia x torque x conforto” deve ser buscada sempre, tanto pelos consumidores, quanto pelas montadoras.

Com a popularização dos carros a diesel, alguns detalhes devem ser levados em consideração. O número de carros movidos a este combustível é grande e não é difícil ser seduzido pela robustez, torque e conforto destes veículos. Mas, antes de sair por aí com um deles, lembre-se sempre de analisar o seu cotidiano, o trajeto que você frequentemente faz, o tipo de terreno por onde você costuma passar etc. Um carro a diesel pode trazer vários benefícios, mas se essas questões não forem levadas em conta, o que poderia ser uma grande aquisição pode se tornar um problema no futuro.

E você, tem — ou pretende ter — um carro a diesel?
Deixe a sua opinião no espaço de comentários!

Comentários - Deixe o seu

Comentários