Querendo comprar o primeiro carro? 5 erros para ficar de olho!

Tirou carteira, juntou dinheiro e chegou a hora de comprar o primeiro carro? Seja 0 km, seminovo ou usado, esse momento sempre cria uma grande ansiedade e gera diversas dúvidas no comprador.

Sabendo disso, este post foi feito para te deixar mais seguro que está saindo com uma boa compra! Mostraremos 5 erros comuns que as pessoas cometem na hora de comprar o primeiro carro. Vamos lá?

1. Ignorar a finalidade do carro

A primeira pergunta que se deve fazer na hora de comprar um carro é qual a sua finalidade. Na maioria das vezes, comprar o carro dos sonhos, o último lançamento, não é a melhor opção.

Carros novos têm uma grande depreciação, e com o mesmo valor de um 0 km, é possível comprar um carro usado muito melhor! Uma boa opção é procurar em feirões online, onde é possível encontrar diversos modelos por preços bem acessíveis.

2. Considerar apenas o preço de tabela

Outro erro comum na hora de comprar um carro, é levar em conta apenas o preço de tabela do veículo. Por mais que a tabela FIPE seja uma boa guia, o preço dos carros variam muito de acordo com o estado de conservação, quilometragem e acessórios instalados.

Para ter uma melhor noção se o preço está correto, compare o carro que quer comprar com outros veículos do mesmo ano e modelo. Dessa forma, terá uma visão muito melhor da realidade do mercado.

3. Não desistir de um mal negócio

Não saber a hora de desistir de um mal negócio pode sair muito caro! Na hora de comprar o primeiro carro, é normal que a emoção esteja à frente da razão, mas tenha muito cuidado, não deixe de pensar a longo prazo.

Por mais que tenha encontrado o carro que tanto deseja, é necessário tomar algumas precauções. Verifique se a documentação está em dia, confira o estado dos pneus e, se possível, leve em um mecânico de confiança para checar toda a mecânica do carro. Esses cuidados simples podem te salvar de uma grande dor de cabeça.

4. Comprar o primeiro carro sem antes fazer um test drive

Mais importante do que levar o carro em um mecânico é dar uma volta nele. Um rápido test drive pode ser suficiente para verificar se o carro está com motor, câmbio, embreagem e suspensão com algum comportamento estranho. E, além disso, sentar e dirigir o carro é a melhor forma de saber se ele realmente é o veículo que quer comprar.

5. Não barganhar

É indiscutível: o brasileiro gosta de barganhar.

Seja comprando um carro 0 km em uma concessionária, ou um usado de um particular, ter uma boa lábia pode significar uma grande economia! A maior parte dos vendedores, ao anunciar o carro, já levam em conta que darão um desconto sob o valor pedido.

Sendo assim, sempre converse, negocie e barganhe preços e condições especiais. Você ficará surpreso com o tamanho do desconto que pode conseguir!

Sabendo quais erros você pode cometer, fica muito mais fácil comprar o seu primeiro carro. E para decidir entre um 0 km ou usado, aproveite para ler mais sobre 5 vantagens de comprar um carro usado!

Comentários - Deixe o seu

Comentários

Post a comment