O que levar em conta na hora de fazer um test drive?

Comprar um carro, novo ou seminovo, exige atenção e cuidado para que você faça um bom negócio. E o momento de fazer o test drive é decisivo: dirigir o modelo escolhido é a parte mais importante da compra, pois é aí que você vai confirmar ou descartar o carro, baseado nas suas impressões.

Primeiramente, é preciso diferenciar os dois tipos de teste drive. No caso do carro seminovo, você estará rodando no veículo que efetivamente será seu, caso opte pela compra. Se o seu interesse for por um carro novo, será oferecido para você um test drive em um modelo exclusivo para isso.

Testando um carro novo

No caso do carro zero KM, a principal orientação é solicitar que a concessionária disponibilize um modelo o mais próximo possível da configuração escolhida por você. É muito comum que os vendedores selecionem carros com inúmeros equipamentos que não estão presentes nos modelos de entrada, para tentar impressionar o cliente.

Caso isso ocorra, foque sua atenção em itens compartilhados como o motor, suspensão e direção. E não deixe de perguntar tudo o que você tem dúvida para o vendedor, durante o teste.

Testando um carro seminovo

Para os seminovos, o test drive deve ser feito com mais atenção ainda. É preciso avaliar com cuidado o carro já que você o levará para casa, se optar pela compra. Veja como fazer o teste corretamente:

1. Ouça os ruídos do motor

Antes de sair com o carro para a rua, abra o capô e ouça o motor bem de perto. Verifique se o funcionamento está redondo e se não há barulhos estranhos. O mais comum é a presença de um ruído agudo, que pode ser sinal de que há alguma correia desgastada.

2. Teste os freios

Já ao volante, faça um teste com os freios do carro. Acelere até cerca de 60 Km/h, em uma rua tranquila, e pise com força no pedal. Observe se o carro para em linha reta e se o funcionamento do sistema passa confiança.

3. Veja se o desempenho está de acordo com o esperado

Carros com motores 1.0, 1.4, 1.6 e assim por diante oferecem desempenhos diferentes. E você sabe o que esperar de cada motorização. Portanto, durante o teste, suba ladeiras íngremes e veja como o carro se comporta. Acelere e veja se a arrancada está de acordo com o desempenho esperado por você.

Se o carro estiver fraco, pode ser sinal de problemas graves no motor.

4. Teste as luzes

Faça um teste acionando as luzes do carro e veja se elas se acendem corretamente. Lâmpadas queimadas são fáceis de se resolver, mas podem haver mais problemas no sistema elétrico, o que trará dor de cabeça.

5. Desligue o rádio

O test drive deve ser feito com o rádio desligado e os vidros fechados. Assim você poderá verificar todos os barulhos que o carro faz enquanto roda. Procure passar por ruas irregulares, de preferência aquelas com calçamento de paralelepípedos.

Com essas informações, você não corre o risco de errar na hora de fazer o test drive no carro que pretende comprar. Se quiser saber mais informações sobre este e outros temas relacionados, assine já a nossa newsletter! 

Comentários - Deixe o seu

Comentários

Post a comment