O que avaliar antes de comprar um carro importado?

Na lista dos sonhos de consumo dos brasileiros, uma das opções certamente é comprar um carro importado. Afinal, quem nunca quis ou deseja ter uma máquina, com motores ousados e muito conforto?

Mas para concretizar esse sonho, é preciso prestar bastante atenção na hora da compra. Alguns detalhes precisam ser observados para evitar prejuízos e decepções com aquele carro importado.

Você sabe o que é preciso levar em consideração para decidir pela compra de um carro importado? Deve ser novo ou usado? Afinal, quais são os fatores que precisam ser observados? Vamos trazer três fatores que você deve se atentar na hora da decisão de compra. Acompanhe!

Como escolher seu importado

Antes de tomar a decisão de compra de um veículo importado é preciso levar em consideração alguns aspectos. Fazer pesquisas de mercado é fundamental para entender quais são os modelos mais vendidos, os veículos com manutenção mais barata e as facilidades para reposição de peças.

Caso a opção seja um modelo zero quilômetro, é importante observar o histórico da marca, a existência de problemas com reposição das peças, o atendimento nas concessionárias e oficina mecânicas, além da margem de desvalorização anual do veículo.

Se o usado é a melhor opção, principalmente para o bolso, escolha um modelo com até quatro anos de uso e menos de 50 mil quilômetros rodados. Avalie também se o veículo se envolveu em acidentes e o histórico mecânico, para identificar possíveis problemas ocorridos.

Atenção ao comprar um carro importado

Confira a seguir as principais vantagens e desvantagens de adquirir um carro importado.

Vantagens

Entre os fatores mais relevantes a serem considerados ao decidir comprar um carro importado está o preço. Quando o veículo é comprado zero quilômetro, seu preço está bem acima do valor dos carros produzidos nacionalmente.

Porém, quando o automóvel está sendo vendido em segunda mão, o preço fica muito mais atrativo para o cliente. Nesse aspecto, outro quesito pesa bastante nessa decisão: os opcionais. O carro importado costuma ser mais luxuoso e com opcionais que tornam o veículo ainda melhor.

Se o estado de conservação do veículo estiver ótimo, comprar um importado usado pode ser mais interessante que o zero quilômetro nacional.

Desvantagens

Uma importante desvantagem ao escolher um carro importado para comprar é o custo da manutenção. Verificar o passado dos modelos vendidos da marca é muito importante para não ficar no prejuízo. Além disso, é fundamental pesquisar o mercado de reposição de peças e o valor da mão de obra para futuros reparos e manutenção.

Garantias para o carro importado

Ao comprar um importado zero quilômetro, o cliente fica protegido pela garantia de fábrica. Se for usado, mas ainda no período da garantia, nada muda para o proprietário. Após esse prazo, a loja de compra garante eventuais problemas pelo prazo de noventa dias.

Em caso de compra de veículos por pessoa física, as garantias não se alteram, mas o cliente precisa ficar muito atento na negociação. Em ambos os casos, é preciso fazer um test drive para avaliar as condições gerais do veículo.

As montadoras têm a obrigação legal de manter a reposição de peças pelo período que o veículo está ativo na linha de montagem, mas isso não significa que o carro não poderá ficar um período mais longo parado na oficina para reparos.

Gostou das dicas deste post para facilitar na hora de comprar um carro importado? Então, que tal compartilhar essas informações com os amigos em suas redes sociais para que todos entendam os cuidados importantes ao realizar o sonho de ter um veículo importado estacionado na garagem?

Comentários - Deixe o seu

Comentários

Post a comment