Feirão de carros: como saber que você está pagando um preço justo

O Feirão de Carros é uma excelente oportunidade para quem está pensando em trocar ou adquirir um carro pois em eventos como esse, os preços são bem menores quando comparados aos preços da praça.

Mas é importante se atentar aos mínimos detalhes e deixar um pouco de lado a ansiedade da compra para poder fazer um bom negócio. Muitas vezes os vendedores podem lhe mostrar inúmeras vantagens de um determinado veículo sem deixar explícito seus defeitos e problemas, o que pode causar dores de cabeça no futuro. Mas, ficam agora algumas dicas e recomendações para você que pretende adquirir um carro em um feirão.

Tenha em mente o que você quer

Pesquise bastante antes sobre o modelo do veículo que você está pensando em adquirir. Saiba informações como o preço atual no mercado, qual é a frota deste mesmo modelo no país, se é um carro difícil de ser vendido posteriormente, quais problemas os proprietários desse modelo já tiveram, entre outras.

Saber todos os detalhes sobre o carro que você quer comprar vai diminuir muito o risco de se cair no conto do vigário. Além disso, ir para um feirão de carros sem nem ter noção do produto que você quer comprar pode fazer com que você gaste muito tempo e dinheiro num carro que não irá satisfazer suas necessidades.

Exija um laudo de vistoria veicular

A vistoria veicular é a sua única garantia de que o carro se encontra nas condições apresentadas pelo vendedor.

Neste laudo devem aparecer as condições de vários componentes, inclusive câmbio e motor. O ideal mesmo é levar o veículo para um mecânico de sua confiança para que este realize a vistoria antes de fechar um negócio.

Itens como pneus, suspensão, freios, óleos e bateria devem estar em ordem antes da aquisição do carro!

Peça para ver o veículo mais velho do modelo que te interessa

Ao ver o carro mais velho do modelo que você pensa em adquirir, será possível ter um panorama geral de como seu carro poderá estar daqui a algum tempo. Isto não deve ser fator decisivo, pois o estado de conservação depende de inúmeros fatores, mas vale a pena dar uma checada!

Faça um test-drive

Apesar da distância ser curta (cerca de 2 km), o test-drive é o momento para você avaliar de uma vez por todas o carro. Ignore um pouco o vendedor que estará ao seu lado, pois ele só lhe falará das vantagens.

Aproveite para sentir o veículo, escutar todos os barulhos (ele apresenta algum ruído estranho?), ver como é a direção (o balanceamento e alinhamento estão em dia?), etc.

Cuidado com o crédito

A flexibilidade dos bancos na concessão de crédito para financiamento pode ser bastante atrativa. Os prazos para os pagamentos de empréstimos podem chegar a 80 meses, ou seja, mais de seis anos!

Portanto, tome muito cuidado para não se encher de dívidas que você não pode pagar. Prefira sempre pagar à vista quando puder. Vale lembrar que um carro tem muitos outros gastos além das taxas de financiamento: é combustível, IPVA, manutenção, seguro… coloque tudo na ponta do lápis.

Agora que você já sabe de todas as dicas sobre o que avaliar em um carro usado, já está pronto para ir a um feirão de carros! Gostou das dicas? Já comprou em um feirão? Conte-nos através dos comentários!

Comentários - Deixe o seu

Comentários