E agora, carro híbrido ou carro elétrico?

Com o aumento da consciência ambiental e a maior preocupação das pessoas e empresas em emitir menos poluentes, novas soluções em veículos precisaram ser encontradas.

Duas opções de veículos que já estão no mercado são o carro híbrido ou o carro elétrico. Muitas pessoas não conseguem diferenciar um do outro e por isso acabam se confundindo na hora de comprar. Então, se você está interessado em ter algum desses modelos, fique ligado neste post!

Carro elétrico…

O carro elétrico, como o próprio nome sugere, é composto por um motor elétrico que usa como “combustível” a energia elétrica fornecida por baterias que se carregam na rede elétrica.

Talvez essa seja a maior desvantagem desse veículo, pois não existem ainda muitos postos de carregamento, e um carro elétrico não possui muita autonomia pois, além do motor, ele tem que alimentar faróis, painel e todos os componentes restantes que utilizam energia elétrica.

Quanto ao resto da parte mecânica, o carro elétrico é bastante semelhante a um carro comum: possui um acelerador e um freio, uma caixa de velocidades que muda apenas da marcha ré, ponto morto e andamento.

Portanto, a condução de um veículo elétrico é bastante parecida com a de um carro automático, podendo ser ainda mais confortável e cômoda!

Como definir o preço de carros usados para uma venda?

No Brasil, porém, o carro elétrico parece ainda não ter vingado. Por enquanto, só existe um modelo completamente elétrico circulando pelas ruas brasileiras: o BMW I3, cuja versão mais simples custa em torno de R$180.000,00.

Ainda existem alguns modelos que estão para chegar aqui: são o Nissan Leaf e o Renault Twizy. Este último pode vir com um preço mais acessível, em torno dos R$30.000,00

ou carro híbrido?

O carro híbrido possui dois motores: um elétrico e um a combustão. Basicamente, existe uma central que administra quando cada motor precisa ser acionado e, na maioria dos veículos, o motor a combustão recarrega o motor elétrico.

Assim, um carro híbrido demonstra uma economia considerável de combustível quando comparado a um carro apenas a combustão. A autonomia é de cerca de 700 quilômetros com a bateria 100% carregada e o tanque cheio.

No Brasil já estão disponíveis alguns modelos, todos incentivados pela diminuição da alíquota de importação no final do ano passado. Já estão circulando o Ford Fusion, o Toyota Prius, o Lexus CT200, o Mitsubishi Outlander PHEV e o BMW i8.

Como anda o mercado de seminovos em São Paulo?

Mas, mesmo com os incentivos fiscais, a tecnologia ainda é relativamente cara e os preços desses carros variam entrem R$109.000,00 e R$189.000,00. Todos são equipados com ar-condicionado, travas e vidros elétricos, direção hidráulica e câmbio automático.

Vantagens e desvantagens de possuir carro híbrido ou carro elétrico

A principal vantagem de ter um carro híbrido ou elétrico é a economia de combustível, pois o primeiro gasta muito pouco e o segundo não gasta combustível algum.

Mas as desvantagens também existem: como já citado, o Brasil ainda não possui infraestrutura para o carregamento das baterias, o que dificulta a utilização dos veículos (principalmente elétricos) para viagens de longa distância.

4 dicas para fazer transferência de carro

Além disso, pelo fato de a tecnologia ainda não ser produzida no Brasil, os preços ainda estão elevados.

Mas carros híbridos ou carros elétricos são tendência no mundo todo e, se você tem uma forte consciência ambiental, vale a pena investir em um! O que você acha, compraria um carro híbrido ou um carro elétrico? Conte para a gente nos comentários!


PESSOAS LERAM TAMBÉM…

Confira os principais lançamentos de 2016: 
O ano ainda não acabou, e as montadoras ainda guardam os seus principais lançamentos do mercado automotivo a sete chaves. Com a Proximidade do Salão do Automóvel no Brasil, os carros mais esperados do ano com certeza serão mostrados lá. Mas antecipamos os lançamentos e você confere aqui a lista dos modelos que vão chegar em 2017. Continue lendo – Clique aqui

Comentários - Deixe o seu

Comentários