Dúvidas sobre como funciona um consórcio de caminhões? Esclareça!

Para quem deseja adquirir um bem e ainda fugir dos juros exorbitantes do financiamento, o consórcio é uma boa alternativa. Isso não é diferente quando se trata do consórcio de caminhões. Por isso, preparamos este guia para tirar todas as suas dúvidas, acompanhe.

A vantagem do consórcio de caminhões sobre o financiamento é tão grande que ele pode chegar a ser até 70% mais econômico. Mas, para poder aproveitar ao máximo, é preciso conhecê-lo bem.

Como funciona o consórcio de caminhões?

O consórcio de caminhões é bem diferente do financiamento. Nele, não há cobrança de juros e as únicas taxas cobradas são: administrativas — para a administradora —, seguro — que assegura seu investimento — e o fundo de reserva — que o mantém mesmo que outras pessoas saiam.

Por não cobrar juros, o custo efetivo não chega a ultrapassar muito o valor do bem, ao contrário do que acontece com o financiamento, que pode chegar a até 3 vezes o valor do veículo.

O funcionamento do consórcio de caminhões é o seguinte: o interessado compra uma cota e decide o valor e a quantidade de parcelas em contrato. A partir daí, ele passará a concorrer para ser contemplado com a carta de crédito de duas formas:

  • sorteios mensais — ou outra frequência definida em contrato — até o final do consórcio;
  • lances para adiantar sua carta de crédito. O consorciado pode depositar a partir de 10% do valor do caminhão e, se naquele mês não houver nenhum outro lance superior, ele leva a carta de crédito. Algumas modalidades de consórcio de caminhões permitem utilizar até 30% do valor do bem como lance.

Quais caminhões é possível escolher?

Quem faz um consórcio de caminhões pode escolher qualquer modelo do mercado nacional, sem restrição. O que costuma gerar muita dúvida é o fato de oferecerem valores de alguns veículos como referência, mas isso não determina que você só possa comprar aqueles.

De posse da sua carta de crédito, a tarefa de escolher seu caminhão e todos seus acessórios é totalmente do consorciado — que pode, inclusive, aproveitar os feirões para ter as melhores ofertas.

Dica: escolha caminhões que apresentem baixa depreciação, assim você terá certeza que investiu seu dinheiro da melhor maneira.

Quais documentos preciso para consorciar um caminhão?

Contratar um consórcio é muito mais simples do que muita gente imagina. Geralmente, os únicos documentos exigidos são a carteira de identificação nacional (RG), CPF e também a assinatura da proposta de adesão — não é preciso ter CNH.

Após aprovada a adesão, a administradora do consórcio poderá solicitar alguns documentos para comprovar a idoneidade jurídica e financeira do consorciado, como acontece em qualquer outro contrato comercial.

Certifique-se de que o consórcio é autorizado

Além de pesquisar todas as ofertas, prazos e vantagens de cada consórcio, é importantíssimo certificar-se de que o que você pretende contratar é autorizado pelo Banco Central. Fazendo isso, você evita perder seu dinheiro, já que os credenciados ao BC garantem seu montante mesmo se eles fecharem as portas.

E aí, tiramos suas dúvidas sobre o consórcio de caminhões? Se você ainda tem um questionamento, deixe nos comentários. Teremos o maior prazer em ajudá-lo.

Comentários - Deixe o seu

Comentários

Post a comment