Definir preço de carros quando você deseja vendê-los não é algo muito comum. Trocar o seu veículo ou precisar passá-lo para a frente por necessitar do dinheiro é algo que raramente ocorre, e por causa disso são comuns as dificuldades em precificar o seu veículo na hora de anunciar. Mas se esse for o seu interesse, os tópicos abaixo trazem algumas dicas importantes e bastante úteis para quem não tem ideia do valor a ser pedido para um possível futuro comprador. Vamos lá?

4 dicas para fazer transferência de carro – #LeiaMais

Valorize o veículo desde o dia em que adquiriu

Isso não quer dizer instalar acessórios caríssimos ou customizar o seu carro (não exatamente). Por mais que vender o veículo seja algo raro, não é incomum o desejo de vende-lo quando você pensa em ter um modelo mais novo ou mais adequado às suas necessidades. O ideal é que a aparência do carro esteja sempre bem cuidada, as revisões estejam em dia, e todas as notas de serviços assim como o manual estejam bem guardados. Isso vai ajuda-lo consideravelmente a definir o preço de uma forma mais próxima com o que o mercado está pedindo.

Planeje-se

O planejamento na hora de definir preço de carros se dá no sentido de prever que os futuros compradores desejarão negociar contigo o valor que está pedindo, ou seja, sempre irão “chorar” um desconto, que, caso você não dê, pode acabar desestimulando a compra e fazer com que seu carro fique encalhado por mais tempo. Coloque o preço sempre um pouco acima do que você realmente quer de forma a transmitir ao comprador a sensação de que ele está ganhando um desconto. Mas nada de exageros nessa hora.

6 ótimas dicas para vender seu carro usado rapidamente – #LeiaMais

Pesquise a tabela FIPE

A FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) possui uma tabela bem rica em valores de veículos de diversos anos (disponível em veiculos.fipe.org.br). Essa referência é a principal em se tratando de definir preço de carros, e pode lhe ajudar bastante nessa tarefa. Basta realizar uma rápida pesquisa através da marca, modelo, e ano do seu carro e lá estará o valor aproximado.

Transferência de veículo: como fazer sozinho? – #LeiaMais

Analise o mercado em sua região

Quando você já sabe por alto quanto vale o seu carro através da consulta à tabela FIPE, dar preço ao seu veículo fica mais fácil ainda quando você passa a visitar feiras de seminovos, sites de revendedoras e particulares, anúncios em jornais e revistas, etc. Dessa forma você consegue tirar uma média de quanto estão cobrando por um veículo parecido com o seu, o que lhe ajuda a definir também as vantagens que o futuro comprador terá ao fechar negócio contigo.

Venda de carros usados: tudo o que você precisa saber – #LeiaMais

Definir preço de carros requer atenção em cada caso

Tudo bem que a tabela FIPE e o mercado dizem muito o respeito do valor a ser cobrado pelo seu veículo. Mas não se esqueça das melhorias que você fez em seu carro, como, a instalação de um novo aparelho de multimídia, pneus novos, ou qualquer outro tipo de acessório que servirá para valorizar ainda mais o seu bem, ou simplesmente fazer com que você se diferencie de um concorrente próximo na hora de vender.

Gostou do nosso conteúdo de hoje? Então promova uma troca de ideias com seus amigos compartilhando nas suas redes sociais. Que tal?

Comentários - Deixe o seu

Comentários