As cores de carros mais valorizadas e as menos desejadas pelos consumidores

Comprar um carro novo é um ato tão impactante na vida de qualquer pessoa que envolve tanto o lado racional quanto o emocional, vindo até mesmo a embolar os dois no meio do processo. Afinal, mais do que escolher um veículo que caiba no bolso, os consumidores estão à procura de um modelo que seja a “cara” deles. E é nessa hora que um elemento aparentemente tão superficial como a cor faz uma diferença tremenda para determinar a compra, pois as cores estão intimamente ligadas ao psicológico de cada um de nós, como símbolos da nossa personalidade.

Mas deixar a emoção falar mais alto na hora de fechar a compra pode não ser um bom negócio caso você tenha a pretensão de revender o carro mais tarde. Se você está na dúvida sobre qual é a cor ideal para o seu 0km, continue acompanhando o nosso artigo e confira as cores de carros mais valorizadas e as menos desejadas pelos consumidores!


As cores mais valorizadas do mercado

Branco, preto, prata e cinza, com o vermelho sempre “comendo pelas beiradas”.Esse é o panorama básico das cores com melhor receptividade pelo mercado. Na lanterna, segundo o site britânico CAP, especializado no mercado automotivo, estão o azul, dourado, verde, turquesa e o castanho-avermelhado.

Como você pode perceber, as cores neutras e mais sóbrias são as preferidas pelos consumidores e, consequentemente, as mais fabricadas pelas montadoras. Por encontrarem maior contingente de compradores interessados, veículos de cores neutras têm mais chance de serem renegociados por um bom preço do que os verdes e azuis, só para citar alguns. Não há uma explicação racional para isso, exceto que os consumidores, se tratando de carros, tendem a ser mais conservadores.

As cores de acordo com os gostos

Apesar de o mercado ter “determinado” que os neutros desvalorizam menos durante a revenda, deixando o trânsito das grandes cidades cada vez mais monocromático, não existe nenhuma lei que impeça o consumidor de variar e estilizar o carro do jeitinho que ele quiser. Há quem prefira a discrição das cores mais neutras, mas também aqueles que adoram chamar a atenção com cores “berrantes”, ou simplesmente gostam de uma cor que lhes faça sentir bem, independentemente se ela desvalorizará o veículo em transações futuras ou não.Foto_1_GRANDE

Mulheres e jovens, por exemplo, impulsionam as vendas de modelos de cores mais esportivas, como vermelho, laranja, azul e amarelo.

Verde é a cor do dinheiro

Se você não quiser ficar o resto da vida como único proprietário do seu novo 0km, escolher a cor errada pode desencadear uma série de problemas. A começar pelo momento em que você encomenda um modelo de cor, digamos, exuberante, como o laranja savana ou o vermelho fogo. Certamente você terá que pagar a mais para que a montadora disponibilize o seu pedido. E, se tem mais gastos na hora de comprar, certamente terá prejuízo na hora de revender, isso se você conseguir encontrar quem compre seu laranja savana. Modelos de cores alternativas sofrem um decréscimo médio de 5% no preço em relação aos de cores mais sólidas, durante renegociações.

Se você não se conforma em comprar um veículo pensando mais no segundo comprador do que em você, fique à vontade para escolher a melhor combinação de cores que o círculo cromático dispõe!

Ao mesmo tempo, se você pretende vender o seu carro depois, avalie as suas prioridades, equilibre a empolgação com a razão e saia da concessionária com a certeza (e a satisfação) de um negócio bem-feito.

E então, você costuma comprar carros com cores extravagantes ou mais sóbrias?

No AUTO SHOW você pode encontrar diversas cores e modelos de veículos. Confira!

Comentários - Deixe o seu

Comentários