5 dicas para não errar na hora de comprar uma moto usada

Um dos segmentos que está em constante crescimento é o mercado de motos usadas. Com a alta dos preços dos combustíveis, muitas pessoas estão optando pela compra de uma moto, seja como veículo de passeio ou no uso cotidiano.

E uma área que movimenta milhões é o das motos usadas. Mas muitos compradores não tem o conhecimento adequado e na hora da compra, acabam tendo algum prejuízo.

Confira agora as nossas dicas para não errar na hora de comprar uma moto usada.

O que verificar na hora de comprar uma moto usada

1. Quilometragem

Fique atento à quilometragem. Uma moto pouco rodada pode enganar à primeira vista. Os modelos esportivos normalmente são usadas em manobras por seus donos, e as fora de estrada podem ter um histórico de muitas trilhas que exigem muito de sua estrutura.

Nesse momento, atenção ao estado geral da moto. Observe os manetes, pedaleiras e manoplas e se o estado delas condizem com o estado geral da moto.

Uma moto usada com tais componentes novos, é algo a ser questionado. Veja se existem arranhões no tanque de combustível, o que podem indicar uma queda.

2. Comandos

Ao fazer a inspeção na hora da compra, verifique os comandos. Se estão duros, algo pode estar errado. Uma embreagem dura pode indicar o fim da vida útil da peça, bem como um acelerador mais rígido pode trazer a tona um problema mais sério.

Atenção ao câmbio. Os engates devem ser precisos e as marchas não podem saltar. Também fique atento ao acionamento dos freios, pois é o item fundamental para a sua segurança.

3. Motor, transmissão, pneus e suspensão

No motor, veja se há vazamentos de óleo. Ao ligar a moto, observe se não faz algum barulho metálico na hora que funciona. Veja o nível de óleo. É interessante acelerar a moto para ver se emite fumaça do escapamento.

Ao rodar com a moto, veja se as marchas estão engrenando precisamente. Durante o test-drive, veja a estabilidade e se a suspensão não transmite vibrações excessivas.

Observe a condição dos pneus e rodas. Uma roda empenada pode causar vibração em excesso e instabilidade durante a pilotagem.

4. Painel e sistema elétrico

Na hora da partida, fique atento ao painel e botões de comando. Veja se as setas, faróis, luz de freio e se a bateria está em funcionando bem. Ao dar a partida, veja se há algum problema.

Com a moto fria, ela deve pegar normalmente apertando o botão start. Caso não pegue de imediato, fique atento a um problema na bateria.

5. Documentação

Depois de conferir os detalhes mecânicos e decidir fechar o negócio, é hora de verificar a documentação.

Solicite ao dono toda a documentação da moto. O recibo deve estar em branco, ser assinado e datado. Pesquise no DETRAN local a existência de multas e infrações.

Na hora de comprar uma moto usada, não precisa ser um especialista em mecânica. Seguindo este guia, você terá o conhecimento básico para escolher o modelo mais adequado à sua necessidade e assim realizar a sua compra com segurança.

Gostou da matéria? Deixe seu comentário no nosso blog. Curta nossa página no Facebook e siga a gente no Instagram e Google+.

Comentários - Deixe o seu

Comentários