4 cuidados que os donos de carro flex devem ter na hora da manutenção

O ano de 2003 entrou para a história da indústria automotiva brasileira com o lançamento dos primeiros carros com motores flex, que ganhavam as ruas do país ainda sob a desconfiança dos consumidores. Esses consumidores foram cheios de questionamentos quanto ao funcionamento, durabilidade e desempenho destes novos automóveis. Doze anos depois, os carros flex estão consolidados no mercado e são líderes de vendas em diversas categorias, do hatch à minivan.

Mas assim como os motores tradicionais, os bicombustíveis também necessitam de cuidados. Confira algumas dicas de conservação que são úteis para o dia a dia e ainda facilitam a manutenção do seu automóvel.


Cuidado para não deixar
o tanquinho de gasolina vazio

tanquinho__Os carros flex fuel possuem um pequeno tanque de gasolina, localizado próximo ao motor e que serve para auxiliar na partida do carro.

Este reservatório, chamado de tanque de partida a frio, não precisa permanecer sempre cheio, mas nunca deve ficar vazio. Além disso, a gasolina deve estar “fresca”, uma vez que, quanto mais velha a gasolina pior se torna seu poder de queima, o que faz com que aquele combustível perca a sua utilidade e prejudique o desempenho do veículo.

Cuidado com a troca de combustível

Esqueça a questão de vício de motor, pois nada disso é comprovado pelos especialistas. Fato é que o motor tem necessidade de se adaptar ao combustível que está dentro do tanque. Quando é feita a troca do álcool pela gasolina, ou vice-versa, é necessário rodar pelo menos uns oito quilômetros até que o motor funcione plenamente. Realizar esta troca e parar o carro logo em seguida pode fazer com que a tecnologia flex não reconheça o novo combustível e o carro tenha problemas em seu funcionamento.

 4 dicas para fazer transferência de carro#LeiaMais

Não deixe o tanque na reservatananque-reserva-19.06.15

Com a alta do preço do petróleo, os combustíveis tiveram seus valores ajustados, o que pesa no bolso de muitos motoristas. Uma prática comum adotada nestes tempos de alta é não encher o tanque com frequência, optando pela compra de pequenas doses de combustível. Este procedimento é ruim para o desempenho carro e para a limpeza do tanque de combustível, pois aquele combustível depositado no fundo do tanque carrega impurezas para dentro do motor. Fazer a manutenção do filtro de combustível também é imprescindível, independentemente do tipo de motor do carro.

• Documentação do carro: o que conferir antes de fechar a compra? #LeiaMais

Atenção à qualidade do combustível

O recomendável é sempre procurar postos que comprovem a qualidade de seus combustíveis. O álcool ou a gasolina de má procedência podem danificar o motor, além de causar engasgos, dificuldades para ligar e aumento de consumo. Por mais que alguns postos de bandeira branca ofereçam preços mais convidativos, quando o assunto é combustível é melhor optar por qualidade. 

o-petroleo-principal-fonte-energia-planeta-entre-os-seus-derivados-gasolina-mais-importante-543c26d051627Estas são algumas dicas para manter seu carro flex com um bom desempenho sem ter dores de cabeça. Assim como é importante saber como lidar com seu carro, é preciso ter em mente que existem mitos que envolvem a tecnologia bicombustível: os motores não ficam viciados, não é preciso fazer rotação de combustíveis e nem manter sempre uma mistura de etanol e gasolina. Agora que você já sabe as dicas de manutenção para automóveis flex, corra para o posto e abasteça sem receios!

E se você ficou com alguma dúvida escreva para nós através dos comentários!


LEIA TAMBÉM…

4 Motivos para você comprar um carro flex:
A venda desses carros tem aumentado consideravelmente e no artigo de hoje você vai conferir os benefícios desse tipo de veículo, além de entender até que ponto as diferenças do motor quando trocamos de combustível podem ser benéficas. #LeiaMais – Clique aqui!

Comentários - Deixe o seu

Comentários