3 cuidados que você precisa ter com a postura ao dirigir

Em março de 2017, a montadora Citroën lançou uma campanha baseada na pesquisa “Nossas vidas num carro”. Os dados da pesquisa são bem inusitados, e um que chama a atenção é o tempo em que ficamos dentro de um carro.

Acredite, se quiser: os brasileiros passam em média, 4 anos e 11 meses dentro de um automóvel. Tendo em vista essa quantidade enorme de tempo, é preciso tomar sérios cuidados com a postura ao dirigir.

Se você viaja bastante ou trabalha como motorista, é preciso ser mais cauteloso ainda. Com certeza, você gosta de cuidar bem do seu veículo. Contudo, o seu corpo merece ainda mais atenção.

Não importa quanto tempo você passa no carro, as dicas que vamos dar neste texto ajudarão a evitar problemas musculares e ortopédicos. Confira três cuidados essenciais para a sua saúde.


1. Cuidado com a região lombar

Muitas pessoas reclamam de lombalgia (dores na área lombar). Talvez esse seja o seu caso também. Um dos caminhos que levam a esse problema é a má postura ao se sentar. Quando estiver dirigindo, e em qualquer outro assento, se esforce para apoiar toda a coluna no encosto. Que tal fazer isso agora mesmo?

Não é fácil conseguir porque o cansaço do dia a dia faz com que busquemos — inconscientemente, às vezes — todo o conforto disponível. A tendência é querermos ficar o mais próximo possível da posição horizontal. Pode até ser mais relaxante, porém as dores virão logo depois.

Algo bem simples, como dirigir com objetos no bolso traseiro, pode trazer prejuízos também. Fazer isso provoca um desalinhamento na coluna e pode atrapalhar a circulação sanguínea. Mesmo que o seu carro não seja tão confortável quanto gostaria, é importante aplicar essas dicas para melhorar a sua postura ao dirigir.

2. Cuidado com o pescoço

O encosto deve ficar na mesma altura da cabeça e em inclinação adequada, para que o peso seja bem distribuído entre ele e a coluna cervical. Essa boa regulagem ameniza um movimento chamado “chicote”, que acontece quando a cabeça se desloca bruscamente para a frente e para trás, em um acidente, por exemplo.

Outro aspecto importante é a regulagem dos retrovisores. Se não estiver adequada, será preciso movimentar o pescoço e a coluna indevidamente para conseguir melhor visualização.

3. Mantenha a postura dos braços e pernas

Mesmo que você tenha um carro automático e não precise recorrer à embreagem a cada instante, é preciso deixar os pés a uma distância confortável dos pedais. Os joelhos e cotovelos devem estar levemente flexionados para garantir maior conforto e agilidade nos movimentos.

Se os braços ficarem muitos altos, a tensão nos ombros e no pescoço aumentará, causando dores musculares. Então, ajuste a altura do volante e mantenha as mãos na parte lateral dele.

O segredo é mudar os hábitos. E lembre-se: “É mais fácil vencer um mau hábito hoje do que amanhã”, como disse Confúcio. Sempre que perceber que um mau hábito está começando a entrar em cena, empenhe-se em tentar corrigi-lo imediatamente.

Esperamos que este artigo tenha ajudado você a parar e pensar naquilo que pode ser feito para melhorar sua postura ao dirigir. Se já põe em prática estas dicas, parabéns!

Mas, com certeza, você tem aquele amigo que vive reclamando de dores nas costas. Que tal dar uma força? Para isso, compartilhe este texto nas suas redes sociais.

Comentários - Deixe o seu

Comentários

Post a comment